Archive for the ‘João Pessoa’ Category

Praias João Pessoa

março 6, 2008

Tambaú – Uma das mais badaladas da Paraíba, toda orla marítima é bem servida de excelentes restaurantes e bares onde durante a caminhada haverá sempre por perto um ponto onde tomar aquela água de coco bem gelada. Como Tambaú esta a poucos quilômetros do centro de João Pessoa, não deixe de passear pela cidade e visitar os vários pontos históricos. Uma dica imperdível é passear de trem do centro de João Pessoa até Cabedelo, vale conferir !

Manaíra – Praia urbana, rasa, com recifes,ondas fracas, areia fina e batida. Apresenta coqueiros, quiosques e quadra de esportes.

Bessa – Praia com extenão de 6 km, com areia escura e batida, águas calmas e coqueiros. Nela se encontra o Iate Clube da Paraíba e o Aeroclube de João Pessoa.

Cabo Branco – Praia urbana com recifes, coqueiros e falésias que poodem chegar aos 40 metros. Suas águas são calmas e sua areia é fina e batida.

Praia do Seixas – Praia com águas calmas e azuis, vegetação rasteira, areia fina e batida e casas de veraneio. Nela se encontra a ponta que é o extremo oriental da América do Sul.

Anúncios

João Pessoa

março 6, 2008

Belas praias numa capital com clima de cidade do interior

Cenários quase selvagens, verdadeiros refúgios pouco explorados. João Pessoa é uma cidade com clima de vida do interior devido ao gabarito baixo dos prédios de sua orla. É a 3ª capital mais antiga do país e a 2ª mais arborizada do mundo.

É onde o sol nasce primeiro. Isto porque lá fica a Ponta do Seixas, o ponto extremo leste do continente americano. Talvez seja por isso que o sol, para agradecer por acordar num lugar de tanta beleza, nos presenteia com sua presença 300 dias por ano e ofereçe espetáculos únicos, ao entardecer, quando se esconde numa explosão de tons avermelhados.

A cidade se debruça sobre 2 baías contíguas separadas pela bonita obra de arquitetura do Hotel Tropical Tambaú. Praias para um lado, praias para o outro lado. São 23km. de areias brancas, coqueiros, falésias, rios, formações rochosas e mata Atlântica.

As praias mais freqüentadas são Tambaú, Manaíra, Cabo Branco, Sol, Seixas e Bessa. Em todas elas encontramos restaurantes, barraquinhas, bares, pousadas e hotéis. O mar sempre transparente, manso e morno, nos convida ao mergulho onde muitas vezes peixes diversos nadam a nosso lado. Em Tambaú, a praia principal da cidade, vale caminhar até o farol e Ponta do Seixas quando a maré estiver baixa. A cor marron-claro das areias e as falésias no farol de até 40m, seduzem. A noite, em Tambaú, é também onde acontecem os maiores agitos da cidade.

Terceira cidade mais antiga do Brasil, João Pessoa possui uma história de mais de 400 anos bem guardada nos seus monumentos e preservada no verde, que é uma de suas características mais fortes e que lhe rendeu o título de segunda cidade mais arborizada do mundo, atrás, apenas, de Paris.

A cidade, que nasceu às margens do Rio Sanhauá, cresceu em direção ao mar e é o ponto mais próximo do continente africano. As belas praias também são uma marca da capital, dona de um litoral privilegiado, com cerca de 30 quilômetros de praias, todas belas, limpas e quase intocadas.

João Pessoa abriga ainda a maior reserva de mata atlântica em área urbana do país, a Mata do Buraquinho, com 515 hectares de área verde e por estar situada no Ponto Extremo Oriental das Américas, é a terra que recebe os primeiros raios solares em todo continente americano.

Dados Gerais:

* População: 649.410 hab.
* Clima: Quente e úmido
* Temperatura média anual: 29ºC
* Fundação: 05 de agosto de 1585
* DDD: 83

O que é legal em João Pessoa…

Ver o Por do sol em Jacaré – A praia fluvial do Jacaré é o ponto de encontro dos românticos. O por do sol é deslumbrante. Diversos bares sempre voltados para o poente nos servem de camarotes para assistirmos o adormecer do astro-rei. Acordes do Bolero de Ravel, vindos de todos os lados nos deixam mais inebriados ainda com o espetáculo.

Ir ao encontro aos corais de Picãozinho – A apenas 10 minutos da praia de Tambaú e a 2km da costa é um passeio legal. Trata-se de um arrecife de corais, pedras e milhares de peixinhos coloridos.

Descansar no Parque Arruda Câmara (“Bica”) – É um verdadeiro bosque no centro da cidade. Ideal para quem quer sair um pouco do agito das praias, descansar a pele do sol, se reidratar com a água mineral da fonte natural. Respirar o ar puro da mata. Legal ir até lá.

Passear pela “Cidade Velha” – João Pessoa nasceu às margens do rio Sanhairá e seguiu em direção ao mar. Lá ficam a Cidade Velha e o Sítio Histórico. A arte barroca e influência dos franciscanos se faz presente nos prédios, casario, igrejas.

Ver as belezas de Areia Vermelha – Localizada em frente a praia de Camboinha é uma pequena ilha à 1,5 km. da costa. Só aparece com a maré baixa (5 horas de duração). Suas areias avermelhadas, inúmeras piscinas naturais, peixes e corais ao alcance das mãos tornam o lugar paradisíaco. Barcos de todos os tipos “atolam” na areia e servem de bar ou restaurantes. Jet-skis, windsurf, lanchas, veleiros… é uma festa.

Todos com o mesmo objetivo: aproveitar as águas mornas e transparentes e um sol brilhante que nos enche de alegria e cor. No Carnaval transforma-se num grande palco. Milhares de pessoas em seus barcos se reúnem numa animação alucinante até a “ilha”. Ir embora sendo levado pelas marés para no outro dia começar tudo de novo.

Visitar Tambaba – (48 kms.) Praia de naturismo conhecida internacionalmente. Beleza intocada. Lugar ideal para se praticar o naturismo. É um santuário ecológico onde tudo é preservado inclusive a intimidade de cada um. Cercada de montanhas onde a natureza esculpiu formas exuberantes.

Chegar até Tambaba já é um passeio especial pois “obrigatoriamente” temos que passar pela cidade do Conde, onde plantações e paisagens deslumbrantes nos abrem o caminho. Uma infa-estrutura organizada e regras pré-estabelecidas além de vigilância discreta permite total segurança aos naturistas.

Mas Tambaba não é só para os naturistas. Os “acanhados” podem ficar na primeira enseada da praia onde tirar a roupa não é obrigatório. Experimente a sensação de entrega total à natureza.

Gastronomia – Onde e o que comer…


A gastronomia é exuberante e variada. Encontramos pratos típicos em quase todo lugar. Para termos uma “visão geral” o ideal é ir até o restaurante Mangai: são 50 pratos típicos nordestinos e a quilo. Para os mais sofisticados o Sagaranc é ideal. Prove as carnes com um toque nordestino com molhos de acerola, manga, café, maracujá, coco ou tamarindo; são incríveis. O Gulliver, em Tambaú, é outra boa opção para jantares mais sofisticados. À beira mar, a variedade de bares e restaurantes é infinita. A noite, tem música ao vivo desde o rock até o animadíssimo forró na avenidas Cabo Branco e Almirante Tamandaré. É uma diversão só. Para dançar experimente a Fashion Club, no MAG Shopping ou a Acrópolis, em frente ao Hotel Tambaú. Em noites de lua cheia, há festas e luais em Picãozinho.

Telefones úteis:

Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto: 3232-1200
Disque Turismo: 0800-281-9229
Estação Ferroviária: 3241-4240
Hospital Samaritano (particular): 3218-2100
Secretaria Executiva de Turismo: 3218-9852
Terminal Rodoviário Severino Camêlo: 3221-9611

Distâncias:

* Recife: 125 km
* Natal: 180 km
* Aracaju: 611 km
* Fortaleza: 688 km
* Salvador: 944 km
* Belo Horizonte: 2.171 km
* Brasília: 2.338
* Rio de Janeiro: 2.448 km
* São Paulo: 2.770

Festas Populares:

Fevereiro

* Carnaval
* Folia de Rua

Março
Encenação dos Mistérios da Paixão de Cristo

Junho
São João (Concurso regional de quadrilhas juninas)

Agosto
* Aniversário da Cidade – 05
* Festa da Padroeira Nossa Senhora das Neves

Novembro
Salão Municipal de Artes Plásticas